Cabernet Sauvignon: saiba tudo sobre a “Rainha das Uvas”

Ad Blocker Detectado

Our website is made possible by displaying online advertisements to our visitors. Please consider supporting us by disabling your ad blocker.

Cabernet Sauvignon

Se você já precisou escolher um vinho, ou simplesmente já ouviu falar alguma coisa sobre a bebida, então o nome Cabernet Sauvignon não lhe é estranho. Esse é o nome de uma casta de uvas que domina o mercado de vinhos, sendo o tipo de uva mais utilizado ao redor do mundo na produção da bebida e fazendo alguns dos vinhos preferidos de uma grande parcela dos consumidores.

É comum para vinícolas jovens escolherem a Cabernet Sauvignon para produzir os seus primeiros rótulos, devido ao seu sucesso comercial, bem como pelas vantagens da sua produção. Ficou curioso para saber que vantagens são essas, e por que a Cabernet Sauvignon é tão popular que chega a ser chamada de Rainha das Uvas? Então vamos falar mais sobre ela abaixo.

Como se popularizou

A Cabernet Sauvignon não se popularizou porque era a preferida dos consumidores. Isso não significa, é claro, que os vinhos que são feitos com essas uvas não são bons, muito pelo contrário, eles são extremamente deliciosos, mas o que fez essa casta de uvas se popularizar foi simplesmente uma jogada do mercado.

Essas uvas se tornaram populares por causa da sua grande versatilidade e possibilidade de cultivo em diferentes lugares do mundo, independente das condições do clima, conseguindo se adaptar facilmente a diferentes regiões. Ela começou a se espalhar pelo mundo nos anos 70, saindo da região de Bordeaux na França e, atualmente, é comum que as vinícolas mais novas no mercado optem pela Cabernet Sauvignon nos seus primeiros rótulos, fazendo uma aposta fácil em uma uva que tem uma boa reputação entre os consumidores, e é de cultivo mais fácil.

Por que é tão usada?

Como dissemos, a Cabernet Sauvignon tem um cultivo mais fácil do que as demais castas de uva. Isso acontece porque ela pode ser facilmente cultivada em qualquer região do mundo que não apresenta um clima muito quente ou muito frio, além de ser mais resistente a pragas e até mudanças drásticas de clima. Além de todas essas vantagens, a Cabernet Sauvignon também tem um maior rendimento de plantação, o que resulta em uma quantidade maior de cachos para colheita, o que se torna um grande diferencial entre as demais castas de uva.

Seu período de amadurecimento

Não é só no plantio que a Cabernet Sauvignon é extremamente versátil. No período de amadurecimento do vinho que ela produz, essa característica também volta a aparecer. Para os vinhos mais jovens, por exemplo, esse período de maturação pode ficar entre 5 e 10 anos Mas, já os vinhos mais maduros, o que inclui alguns dos melhores vinhos produzidos na França, esse período pode facilmente chegar a 40 anos.

A produção de Cabernet Sauvignon no Brasil

Aqui no Brasil, a produção de Cabernet Sauvignon também se popularizou nos anos 70. A única dificuldade que os produtores encontram ao utilizar essa casta aqui, porém, é acertar o seu tempo de maturação, devido às temperaturas altamente inconstantes que temos por aqui. Devido a isso, regiões como Santa Catarina e a Serra Gaúcha têm maior sucesso na produção de Cabernet Sauvignon do que regiões como o Nordeste, por exemplo.

Leave a Reply