Chapiuski

Você sabe qual é o teor alcoólico do whisky? Descubra aqui

O whisky é uma das bebidas mais famosas e respeitadas ao redor do mundo. Uma bebida muito antiga e de muita tradição, com suas raízes em países como a Escócia e a Irlanda, ele também está entre as bebidas mais fortes que conhecemos, mesmo quando o seu teor alcoólico pode variar conforme o processo de fermentação utilizado na sua produção.

Apesar do teor alcoólico elevado, o whisky ainda consegue manter uma complexidade de sabores que se distanciam muito do gosto forte de álcool, problema que muitas bebidas de alto teor alcoólico sofrem. Vamos entender um pouco melhor sobre isso a seguir.

O teor alcoólico e a sua relação com as bebidas

Teor alcoólico, também chamado de gradação alcoólica, é o nome que se dá à porcentagem de álcool presente nas bebidas alcoólicas. Para fazer essa medida, é utilizado um aparelho chamado densímetro, que consegue determinar a quantidade de álcool a partir do seu volume na bebida.

Muitas vezes, as pessoas relacionam a quantidade de álcool em uma bebida com a quantidade de calorias que o seu consumo causa. Apesar de as calorias de uma bebida estarem diretamente relacionadas com o seu teor alcoólico e a quantidade de açúcares presentes, o cálculo de calorias ingeridas deve levar em consideração a quantidade de doses consumidas.

O que isso quer dizer é que bebidas de menor teor alcoólico, como a cerveja, costumam ser consumidas em maior quantidade do que bebidas de maior teor alcoólico, como o whisky. Por isso, a cerveja costuma causar uma ingestão de calorias muito maior do que o whisky, embora o segundo tenha um teor alcoólico maior.

O teor alcoólico do whisky

Como mencionamos no início do texto, o teor alcoólico do whisky pode variar muito entre uma bebida e outra. O motivo para isso é que diferentes técnicas de produção podem ser utilizadas para fazer a bebida, e cada uma delas obterá um resultado de gradação alcoólica diferente.

Normalmente, o volume de álcool em um whisky fica entre 38% e 54%, com uma média estabelecida de 43%. Esse valor, porém, pode chegar até 62% em alguns tipos específicos de whiskies de reserva.

O gosto do whisky

Mesmo sendo uma das bebidas de maior teor alcoólico no mundo, o whisky consegue disfarçar bem o sabor do álcool dentro dos seus aromas complexos. Isso acontece por uma série de fatores.

O principal deles está no envelhecimento do whisky, que após ter sua produção concluída, é armazenado em barris de carvalho para amadurecer por alguns anos. Durante esse processo, o líquido começa a absorver os sabores da madeira, o que dá os traços amadeirados nos seus sabores e aromas, e ajuda a esconder o sabor forte e pesado do álcool na bebida.

Alguns whiskies ainda usam traços de frutas e até algumas ervas na sua produção. A adição desses ingredientes também possibilita uma melhor máscara para o gosto do álcool, fazendo com que ele não seja tão marcante quanto os infinitos e complexos sabores que a bebida pode levar ao paladar do consumidor.

Deixe um comentário!

Bebidas mais caras do mundo