Cerveja em lata ou garrafa: Qual é a melhor? Descubra aqui!

Ad Blocker Detectado

Our website is made possible by displaying online advertisements to our visitors. Please consider supporting us by disabling your ad blocker.

Uma das maiores discussões entre cervejeiros é a famosa dúvida “cerveja na garrafa ou na latinha”, e qual delas têm o melhor sabor. Cada um dos lados nessa discussão têm opiniões e argumentos fortíssimos para defender o seu ponto de vista, podendo jurar que existem grandes diferenças entre a cerveja servida em garrafa e a cerveja servida em lata.

Com uma briga forte dessas, nós somos obrigados a questionar se existe, de fato, alguma diferença no sabor da cerveja como consequência do seu envasamento e, se existir, quais são elas. Vamos analisar abaixo as particularidades de cada maneira de servir a cerveja:

Quais as diferenças na produção?

Por algum tempo, a diferença entre a cerveja em lata e a cerveja em garrafa estava na produção de cada um desses produtos. Nesse período, as fábricas produziam a cerveja de latinha com uma quantidade menor de gás carbônico do que a cerveja em garrafas. Essa prática tinha a função de evitar que a latinha “estufasse” durante o processo de pasteurização. As diferenças no sabor da cerveja? Completamente imperceptíveis para o consumidor.

Além de essa diferença de produção quase não fazer diferença no sabor da cerveja em lata, esse método de produção já foi abandonado pelas grandes produtoras. Atualmente, o mesmo processo é utilizado para produzir tanto as cervejas em lata como as cervejas servidas em garrafas de vidro.

A única diferença de produção que prevalece até hoje também não influencia no sabor da bebida: o envasamento em lata é consideravelmente mais caro do que o das garrafas. Portanto, as diferenças de produção se restringem somente para as empresas produtoras de cerveja, e não aos consumidores.

Existe alguma diferença entre a cerveja em lata e em garrafa?

Apesar de o líquido ser exatamente o mesmo, o envasamento pode sim influenciar na sua experiência ao consumir o produto. A diferença está em como os materiais de cada recipiente resistem a fatores externos como a temperatura e a incidência da luz, e esses efeitos acabam tendo certa influência no sabor da bebida.

Quais fatores influenciam?

Como acabamos de observar, os principais fatores que podem afetar o sabor da cerveja são a luz e a temperatura, e a maneira como a lata e a garrafa reagem aos seus efeitos. Enquanto a temperatura do ambiente só irá influenciar na temperatura da bebida, a incidência da luz pode causar um aroma desagradável na bebida se o seu recipiente não oferecer uma boa resistência contra ela.

Quem sai ganhando?

Para saber qual recipiente, latinha ou garrafa, é superior nesses quesitos, precisamos compreender qual deles reage melhor à influência de fatores externos. Quanto à temperatura, a latinha é a que se apresenta com maior sensibilidade, podendo esquentar e gelar mais rapidamente conforme o ambiente. Quando se trata da incidência da luz, quem possui maior resistência é, de fato, a cerveja servida em lata.

Apesar de as latinhas levarem a vantagem nessa disputa, algumas garrafas podem oferecer uma resistência maior contra a luz do que as outras, como é o caso das garrafas mais escuras. É claro que essas diferenças só podem ser notadas conforme o tempo e o ambiente de armazenamento do produto, o que faz com que essas diferenças no desempenho de cada embalagem sejam quase imperceptíveis e a preferência de cada um ser um gosto particular.

Leave a Reply